Programa Flor de Lótus visa a prevenção e atendimento às vítimas de violência doméstica

De acordo com o Atlas da Violência, apresentado recentemente pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) e pelo Fórum Brasileiro de Segurança Pública (FBSP), em 2017, 4.936 mulheres foram assassinadas no Brasil. É uma média de 13 homicídios por dia, o maior número registrado em 10 anos. Em Três Rios, não há registro de casos de feminicídios desde 2015. Graças as iniciativas de combate a violência doméstica realizadas no município, como o “Programa Flor de Lótus”, que tem o objetivo e acompanhar e prevenir novos casos. Faz parte do programa “Guardiões da Vida”, que oferece acompanhamento da Polícia Militar em casos registrados de agressões.

 

Programa Flor de Lótus

 

O Programa Flor de Lótus, que conta com a participação do Poder Judiciário e da Polícia Militar sendo desenvolvido através do Juizado de Violência Doméstica e Familiar contra a Mulher da Comarca de Três Rios e os Guardiões da Vida do 38º BPM, tem rendido frutos no trabalho de prevenção e atendimento às vítimas de violência doméstica.

 

O Programa, que possui o fundamento baseado nos índices de reincidência dos casos de violência doméstica, busca prevenir e reduzir estes casos, dando uma especial atenção ao acompanhamento das medidas protetivas, procurando dar a devida efetividade a elas. Faz parte do programa “Os Guardiões da Vida”, que oferece acompanhamento do 38° BPM em casos registrados de agressões.
Para ajudar na redução deste índice, desde o mês passado, uma lei municipal proíbe que pessoas condenadas pela Lei Maria da Penha assumam cargos comissionados, que são de indicação no poder público.
O Programa criou um questionário para ajudar as mulheres a identificarem se estão vivendo em uma relação abusiva: Veja abaixo:
E se você precisar de ajuda esse são os telefone uteis: