PRF realiza a maior apreensão de cocaína no Rio de Janeiro neste ano

Uma operação da PRF para reprimir a entrada de drogas no estado do Rio de Janeiro terminou com mais de 300 quilos de cocaína apreendidos na manhã desta quarta-feira (5). A ação aconteceu na BR-493, conhecida como arco metropolitano, na altura do município de Seropédica. A apreensão totaliza mais de R$12 milhões em prejuízo ao crime organizado.

 

O caso ocorreu durante a operação, em uma abordagem a um veículo de carga. O motorista de 38 anos, morador de Belo Horizonte, se contradisse diversas vezes durante a conversa com a equipe. Quando os policiais iniciaram a busca veicular, o motorista confessou que o veículo estava carregado de drogas em um compartimento preparado especialmente para o transporte do ilícito.

 

A PRF solicitou apoio a CCR Nova Dutra para cortar a carroceria do caminhão, onde foram localizados 300 tabletes de cloridrato de cocaína. Todos os tabletes apresentavam o símbolo da marca Ettore Bugatti. A empresa foi uma fabricante francesa de automóveis de alto desempenho, fundada pelo designer industrial italiano Ettore Bugatti. Os carros eram conhecidos por sua beleza de design e por suas muitas vitórias em corridas.

 

O condutor do veículo foi preso em flagrante e informou que iniciou a viagem no posto Chefão, no anel rodoviário de Belo Horizonte, e desviou das rodovias federais através de rotas alternativas em estradas estaduais para tentar se esquivar da fiscalização da PRF. O motorista ainda afirmou que receberia a quantia de 5 mil reais pelo transporte e que o destino seria o primeiro posto da BR-040. A ocorrência foi encaminhada para a Polícia Federal de Nova Iguaçu.

 

Essa ação é fruto do projeto de revitalização da segurança do arco metropolitano implementado pela PRF em meados de 2018, quando o governo do estado do Rio de Janeiro entregou o policiamento da via da União. Com a implementação da nova politica criminal na rodovia, o índice de roubo de carga diminuiu em 21,5% do ano de 2019 para 2020, considerando os dados consolidados pelo ISP. Em relação ao número de roubo de veículos, a queda é ainda mais expressiva, de 50%. Esse percentual representa 120 carros que não foram roubados em 2020.

 

 

Fonte: PRF