Polícia Civil impede golpe pelo Whastapp em Paraíba do Sul

Uma idosa de Paraíba do Sul quase caiu em um golpe pelo aplicativo Whatsapp na última terça-feira (10). De acordo com a Polícia Civil da 107ª Delegacia de Polícia, os agentes agiram rapidamente quando foram informados sobre o crime de clonagem do Whatsapp, impedindo que a idosa tivesse um prejuízo de R$ 4 mil.

 

Os agentes chegaram na agência bancária quando a mãe da vítima havia acabado de depositar a quantia para os criminosos. No entanto, com a intervenção dos policiais civis, foi possível realizar o estorno antes que os valores caíssem na conta dos criminosos.

 

O golpe da clonagem da conta do WhatsApp está fazendo cada vez mais vítimas no país. Um levantamento da empresa de segurança PSAFE estima que, por mês, cerca de 200 mil pessoas tenham suas contas clonadas. A Polícia Civil da 107ª DP orienta nunca depositar valores solicitados por amigos ou familiares através de Whatsapp sem antes ter contato pessoal com eles ou outra forma de confirmação.

 

O próprio aplicativo oferece medidas de segurança para evitar a clonagem do Whatsapp, como a função “Verificação em duas etapas“.

 

Como ativar a verificação em duas etapas do WhatsApp:

 

– Abra o WhatsApp;
– Toque no menu de três pontos e acesse as “Configurações”;
– Em “Conta”, escolha “Verificação/Confirmação em duas etapas”;
– Toque em “Ativar” e escolha uma senha seis dígitos para a conta do WhatsApp;
– Confirme o seu PIN (digite novamente o seu código pessoal);
– Informe um endereço de e-mail válido para caso esqueça seu código;
– Toque em “Avançar” e confirme seu endereço de e-mail, depois em “Salvar”.

 

Fique atento às seguintes orientações:

 

  • O endereço de e-mail solicitado pelo WhatsApp serve para você receber um link de desativação da verificação em duas etapas caso você esqueça o PIN. Forneça um endereço de email autêntico/válido e evite usar o e-mail do trabalho ou algum outro e-mail que você possa parar de usar porque trocou de emprego ou instituição de ensino.

 

  • Se você receber um e-mail supostamente do WhatsApp para desativar a verificação em duas etapas sem ter solicitado solicitado, não clique em hipótese alguma. Outra pessoa pode estar tentando registrar o seu número no WhatsApp e invalidar o seu PIN.

 

  • A qualquer momento você poderá: desativar a confirmação, mudar o PIN e/ou o endereço de e-mail. Basta repetir os passos do tutorial usando seu próprio celular.

 

  • “Se você tiver a verificação em duas etapas ativada, não será possível reverificar seu número no WhatsApp dentro de um período de sete dias após você ter usado o WhatsApp sem o seu PIN. Por isso, se você esquecer o seu próprio PIN e não tiver fornecido um e-mail para desativar a verificação em duas etapas, não será permitido reverificar seu número no WhatsApp dentro do período de 7 dias após ter usado o WhatsApp por último”.

 

  • Após o período de uma semana, será permitido reverificar seu número de telefone no WhatsApp sem o PIN, mas você perderá todas as mensagens pendentes ao reverificar porque elas serão apagadas. Se a reverificação for feita após 30 dias desde a última vez que você utilizou o WhatsApp e sem o PIN, sua conta será apagada e uma nova criada.

 

  • Para ajudar você a se lembrar do seu próprio PIN, o WhatsApp irá solicitar que você o digite periodicamente. Não há como desativar essa solicitação que ocorrerá de tempos em tempos sem que a verificação em duas etapas em si também seja desativada.