Papo de Novela | Segundo Sol: Luzia paga por programa com filho prostituto, Ícaro.

A vida de Luzia (Giovanna Antonelli), presa ao ser acusada de matar o marido, terá uma reviravolta nos próximos capítulos da novela “Segundo Sol”. Em uma rebelião, ela consegue escapar da prisão e foge para a Islândia, onde se torna uma famosa DJ conhecida como Ariella. Mas, após passagem de tempo de 18 anos, ela retorna ao Brasil e descobre que o filho, Ícaro (Chay Suede), é um dos garotos de programa do bordel de Laureta (Adriana Esteves), cúmplice do golpista Roberval (Fabrício Boliveira). Desesperada com a realidade do rapaz, ela paga por algumas horas com ele para conseguir conhecê-lo e iniciar uma aproximação.

 

De acordo com informações do colunista Daniel Castro, Luzia conversa com Manuela (Luisa Arraes) sem revelar ser sua mãe e, nas cenas previstas para irem ao ar a partir do dia 30 de maio, a garota conta que o irmão está se prostituindo para ganhar dinheiro. “Eu segui o Ícaro, ele entrou numa casa enorme. Eu entrei, vi com meus próprios olhos. É um bordel de luxo”, declara. A mulher, disfarçando sua frustração com a notícia para não ser identificada, tenta aconselhar a filha: “Quem sabe se você conversar com Ícaro, sem brigar, você consegue convencer ele a sair dessa?”

 

Buscando uma forma de encontrar Ícaro, Luzia, com a ajuda de Cacau (Fabiula Nascimento) procura por ele em um site de prostituição e, ao encontrá-lo com o nome de Tony, decide contratá-lo por algumas horas. “Alô, é do Templo dos Deuses Baianos? Queria marcar um encontro com o Tony, é possível? Pago em espécie mesmo. Meu nome? Sílvia. Só Sílvia”, fala. “Minha irmã, tem certeza do que está fazendo?”, questiona Cacau, preocupada. “Eu não tenho certeza de nada, Cacau, só sigo meu coração! Não sei nem o que vou falar pra ele, tou com um frio na barriga mais gelado que o inverno na Islândia! Que meus santos me ajudem!”, pede Luzia, que realmente estava envolvida na briga que resultou na morte de Edilei (Paulo Borges).