Auxílio emergencial será estendido por dois ou três meses

O ministro da Economia, Paulo Guedes, anunciou nesta terça-feira (08) que o Governo Federal estenderá o pagamento do auxílio emergencial por mais dois ou três meses, até que, segundo ele, toda população adulta esteja vacinada no país. Com isso, o pagamento, que estava previsto para terminar em julho, pode ser ampliado até outubro.