Eduardo Costa é processador por Fernanda Lima após ofensas na internet

Fernanda Lima entrou com um processo contra o cantor Eduardo Costa. A queixa cita os crimes de calúnia, injúria e difamação. A ação foi movida pela apresentadora após o sertanejo ofendê-la nas redes sociais depois que Fernanda fez um discurso feminista no encerramento de uma das edições do programa “Amor & Sexo”, em novembro.

Na ocasião,o cantor sertanejo, declarou: “Mais de 60 milhões de brasileiros votaram no Bolsonaro e agora essa imbecil com esse discurso de esquerda! Ela pode ter certeza de uma coisa, a mamata vai acabar, a corda sempre arrebenta pelo lado mais fraco, e o lado mais fraco hoje é o que ela está. Será que essa senhora só faz programa pra maconheiro, pra bandido, pra esquerdista derrotado e pra esses projetos de artistas assim como ela?”.

Logo depois o cantor se desculpou ao vivo no programa do Bial e disse que se arrependeu apenas do modo como falou e não do que foi dito, a primeira audiência do processo acontece no dia 19 de dezembro, às 14h30, no Rio de Janeiro.

O site “G1” procurou a assessoria de Eduardo e a resposta que obteve foi de que “não vai se pronunciar sobre o assunto. É o jurídico que está analisando”.