Carmém Lúcia encerra mandato no Supremo Tribunal Federal

A ministra Cármen Lúcia encerra hoje seu mandato como presidente do Supremo Tribunal Federal após dois anos controlando a pauta de julgamentos. Neste período, ela teve que lidar, algumas vezes, com embates entre o Judiciário e os outros poderes. Cármen Lúcia deixa também o posto de presidente do Conselho Nacional de Justiça. A ministra foi a segunda mulher a ocupar ambos os cargos – a primeira havia sido a ministra Ellen Gracie, já aposentada. O sucessor de Cármen Lúcia será o ministro do Supremo Tribunal Federal – Dias Toffoli, que tomará posse hoje, às 5 horas da tarde, numa cerimônia no plenário do Supremo. O ministro ficará no cargo pelos próximos dois anos